IA: Usá-la Bem ou Ser Substituído

Não é a IA, mas quem a usa bem, que te substituirá
Entenda o por que Não é a IA, mas quem a usa bem, que te substituirá e ganhe mais conhecimento com nossos saiba mais.

Compartilhe esse post

Olá! Se você chegou até aqui, provavelmente tem um interesse aguçado em Inteligência Artificial e no impacto que ela pode ter na sua carreira ou negócio. Vou cortar o barulho e ir direto ao ponto: a IA por si só não é uma ameaça ao seu emprego, mas a forma como ela é utilizada pode determinar quem fica e quem sai.

A verdade, IA: Usá-la Bem ou Ser Substituído

Talvez você tenha ouvido falar que a automação vai substituir uma grande quantidade de empregos. Isso é parcialmente verdadeiro, mas a narrativa completa é mais complexa. A questão real não é se a IA vai te substituir, mas sim se você está preparado para se adaptar e usar a IA de forma eficiente no seu dia a dia.

O fato é que a IA está transformando a maneira como fazemos negócios, e essa transformação está acontecendo agora. Quem domina a arte de implementar e gerir essas ferramentas tecnológicas vai sair na frente. E isso é o que realmente importa.

Então, neste artigo, vamos explorar como você pode se tornar indispensável em um mundo cada vez mais orientado pela IA, em vez de ser deixado para trás. Está preparado? Vamos lá!

Se podemos destacar algo que virou um dos assuntos mais comentados de todos os tempos é como a inteligência artificial (IA) vai mudar o mercado de trabalho e substituir pessoas nas suas profissões.

Não é a IA, mas quem a usa bem, que te substituirá


Duas semanas atrás, inclusive, recebemos aqui na EXAME um grupo de líderes de recursos humanos (RH) para discutirmos exatamente essa ótica: será que daremos adeus aos nossos empregos e veremos robôs executando tudo com primor?

Ainda não há um consenso sobre os impactos na dinâmica do trabalho, mas empresas como a OpenAI, que hoje lidera o setor de IA, já conseguem ter uma ideia das transformações que estão causando.

Durante os meses de maio e junho, a empresa do ChatGPT criou uma comitiva, que incluía até mesmo o CEO Sam Altman, para rodar 22 países e entender os diferentes usos que estão sendo implementados ao redor do globo com sua tecnologia.

Para se ter uma ideia, em Singapura, um time de funcionários públicos está usando plugins do ChatGPT para facilitar encontrar uma vaga disponível em todos os estacionamentos de habitações públicas.

Na França, uma grande rede de supermercados está utilizando o chat para ajudar seus clientes a realizarem suas compras considerando restrições de budget ou alimentares e, ainda, sugerir soluções anti desperdício com dicas de receitas para realizar com ingredientes já comprados.

banner ebook 20 empresas

Em outros fóruns, também temos visto avanços em escritórios de advocacia ao redor do mundo. A Allen & Overy, uma das principais firmas de advocacia do Reino Unido, foi a primeira a anunciar um chatbot para auxiliar os advogados a redigir contratos e memorandos para clientes.

Não é a IA, mas quem a usa bem, que te substituirá


Nos Estados Unidos, o Macfarlanes, um grande consultoria jurídica para empresas de tecnologia, reconhece que muitos dos seus processos são repetitivos, e por isso, na hora de contratar, tem optado por advogados que já tenham noção de quais tarefas podem reservar à IA.

Além de tudo isso, em Abril deste ano, uma pesquisa do Morgan Stanley me chamou a atenção. Um dos resultados demonstra que mais de 75% das pessoas entrevistadas nunca tinha utilizado a tecnologia e menos de 10% usa algumas vezes na semana.

Então, o que está acontecendo?

O que vemos no mercado é uma oportunidade em aplicar essas ferramentas para acelerar o seu próprio trabalho. Sendo assim, o que vamos ver cada vez mais são pessoas sendo substituídas por outras pessoas, mas que sabem aplicar e se beneficiar de todos os ganhos de produtividade que as ferramentas de IA nos dão.

E essa é a verdadeira guerra: desenvolver e reconhecer a importância de quem domina e utiliza bem a tecnologia. A IA é uma ferramenta poderosa que pode aprimorar nossas habilidades, liberar nosso potencial criativo e nos permitir enfrentar desafios de maneiras cada vez mais eficazes.

Chegamos ao fim da nossa jornada e espero que você esteja saindo daqui mais empoderado do que quando entrou. A moral da história é clara: não é a Inteligência Artificial que é a ameaça, mas sim a falta de habilidade em usá-la a seu favor.

Veja mais em: Qual trabalho será substituído pela IA.

O domínio da IA não é mais uma opção, é uma necessidade. As empresas já estão integrando essas tecnologias em suas operações, e a demanda por profissionais que saibam manejá-las está em alta. Então, ao invés de temer a chegada da IA, abraça-la pode ser o seu grande diferencial.

Notei que os profissionais que investem tempo e esforço para entender como a IA funciona e como ela pode ser aplicada de forma eficaz são os que mais prosperam no cenário atual. Eles não só garantem sua relevância, mas também se tornam peças chaves nas organizações em que trabalham.

Não é a IA, mas quem a usa bem, que te substituirá


Leia mais em: Como a IA pode atrapalhar o setor imobiliário.

Em resumo, se você quiser se destacar e garantir seu lugar no mercado, o caminho é se tornar amigo da Inteligência Artificial, e não um estranho ressabiado. O futuro pertence àqueles que estão dispostos a aprender, adaptar e inovar.

Inscreva-se na Newsletter
DOSE DIÁRIA DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

E receba atualizações sobre IA todo dia no seu e-mail

Subscription Form

Mais para explorar

Lucrando com soluções de IA
Inteligência Artificial

Lucrando com soluções de IA

Entenda como as pessoas estão Lucrando com soluções de IA e ganhe mais conhecimento com nossos saiba mais.

Aprenda a criar soluções comIA, mesmo sem saber programar e começando do zero.

Conheça O PLANO 10K com IA em uma aula gratuita que vai acontecer no dia 21/03